TEMPERAMENTO

O temperamento do Fila deve atender o que exige o padrão da raça, ou seja, coragem e determinação de um cão de guarda.

> Para alguns o temperamento do fila é peculiar, pois é um cão extremamente amável e meigo com seus donos ao passo que com estranhos é irredutivelmente avesso e agressivo se necessário.

O manejo (forma de criar e educar o animal) é determinante na boa evolução e desenvolvimento do temperamento, considerando obviamente os atributos genéticos de cada cão. Ao contrário que muitos dizem, o cão para ser valente não precisa de "tratamento de choque" para se tornar um bom cão de guarda,ao invés disso é necessário dispensar amizade e respeito para que o cão desenvolva auto-confiança e afeto para proteger seu território e seus donos.

O Fila NUNCA, NUNCA deve ser apático à presença de estranhos em seu território ou mesmo quando fora deste e estando sob ameaça, deve reagir afim de proteger seu dono e a si mesmo. Da mesma forma nunca deve representar uma ameaça ao seu dono, caso contrário um é exemplar de péssima qualidade com sistema nervoso instável que produz tal comportamento imprevisível e que provavelmente reproduzirá essa mediocridade aos seus descendentes.

CLIQUE NA FOTO P AMPLIAR OU EXIBIR SLIDE